17/11/2015

O primeiro FIQ a gente nunca esquece!




Olá amigos, e agora incluindo as pessoas lindas que tive a alegria de conhecer no Festival Internacional de Quadrinhos, que aconteceu entre os dias 11 e 15 de Novembro em Belo Horizonte. Já havia escutado que o primeiro FIQ a gente nunca esquece, mas só agora a experiência foi possível, e vou ecoar a fala: O primeiro FIQ é inesquecível!

Estar naquele monte de quadrinistas, falando quadrinhos, respirando quadrinhos, trocando quadrinhos, vendendo quadrinhos é inspirador. E não posso deixar de falar da simpatia e educação com que fomos recebidos pelos mineiros, uma cidade linda com um povo igualmente lindo!



Dividi a mesa com o Guilherme Bandeira, autor do sucesso Objetos Inanimados e fiquei ao lado dos parças do Red Door HQs, muito simpáticos e talentosos. Sob o calor, patrimônio indissociável dos FIQs, recebi pessoas para apresentar meu trabalho, a webcomic Greg: O Contador de Histórias. Revi muitos amigos e conheci quadrinistas de diferentes cantos do país.


Enfim, tive as forças renovadas e a certeza de continuar a caminhada, e aconteceram coisas que me deixou cheio de esperanças! Quem sabe vem novidade por aí...

Bom, descansar depois dessa empreitada? Nem pensar, a CCXP está logo aí e nos veremos novamente, se Deus quiser!



Marcio. R. Gotland
Webcomic: Greg: O Contador de Histórias
Sigam-me no Twitter: @MRGotlandArt

Você poderá gostar também:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário